Em uma sociedade consumista, são raras as pessoas que conseguem ficar um longo tempo sem comprar roupas, cosméticos ou eletrônicos. Para vivenciar uma experiência inusitada, a jornalista alemã Greta Taubert, 30 anos, decidiu sair da sua zona de conforto em Leipzig, cidade próxima de Berlim, e viajar de carona até Barcelona, na Espanha, apenas com uma mochila e sem dinheiro no bolso.

greta_interna

Durante doze meses, Greta viveu apenas de escambo e da agricultura orgânica. A experiência foi tão radical, que ela chegou a fabricar produtos de higiene pessoal (xampu, desodorante e cremes dental e para o corpo) para consumo próprio.

Em entrevista ao site da revista alemã “Der Spiegel”, a jornalista conta que os alimentos eram obtidos a partir de hortas comunitárias, em que ela e outros 30 jardineiros dividiam nos arredores da casa onde ficou neste período.

Além dos legumes, Greta aprendeu a plantar batata, arroz, frutas e também teve que pescar e abater animais para consumir a carne. A aventura, segundo ela, foi inspirada em seus antepassados, principalmente nas soluções de sobrevivência utilizadas durante o período de guerra e pós-guerra na Europa.

Os resultados desta viagem introspectiva foram 20 quilos a menos e um livro –“Apokalypse Jetzt!” (‘Apocalipse Now’, em alemão), título inspirado no clássico filme de Francis Ford Coppola, de 1979.

Greta acredita que a lição mais importante aprendida durante os doze meses foi a importância de viver em comunidade, onde a troca de conhecimentos é mútua e constante e um pode oferecer suporte ao outro.

Via Hypeness

Be Sociable, Share!