Em um futuro próximo, o teste de gravidez eletrônico será substituído por um feito de papel biodegradável. A startup norte-americana Lia Diagnostics, da Filadélfia, nos Estados Unidos, projetou um teste sustentável que poderá ser descartado nas vezes em que der negativo ou ser guardado como recordação quando indicar positivo. As informações são do Springwise.

O produto é feito de papel, o que reduz o custo de produção e o preço final para os consumidores. Em entrevista ao site Fast Company, Bethany Edwards, fundador da startup, disse: “Percebemos que pouca inovação foi adicionada aos testes de gravidez nos últimos 30 anos. O que a indústria tem feito é adicionar componentes eletrônicos caros para agregar valor aos produtos e torná-los mais caros, nada além disso”.

A startup quer colocar o produto no mercado dos EUA até 2017, período em que o projeto passará por testes junto às autoridades de saúde do país.

Be Sociable, Share!